2.23.2009

Casa Zen - Parte 1

Guia para ter uma Casa Minimalista

Não posso dizer sinceramente que a minha casa seja completamente zen, mas é organizada e um pouco minimalista, não só porque isso simplifica mais a minha vida, mas simplesmente porque é o estilo de decoração que eu gosto.

A chave para ter uma casa minimalista e livre de confusão é livrar-se aquilo que não interessa.

Por exemplo, no chão da sala está apenas aquilo que é essencial: mesa de jantar (sem tralha por cima), cadeiras, sofá e o resto do mobiliário, sem tralha desnecessária à volta. No balcão da cozinha estão apenas os electródomésticos necessários como a torradeira, cafeteira e microondas e os utensílios de cozinha perto do fogão.

Uma casa minimalista pode parecer desprovida de personalidade e vida? Pode parecer que é assim, mas a sua casa pode ter o seu toque pessoal e ser zen ao mesmo tempo, basta que esteja livre da desorganização. Uma casa assim é mais tranquila e simpática.


Benefícios de uma casa Minimalista

Há muito para dizer, mas esta é uma lista algumas das principais vantagens:

1. Menos stressante. A desorganização visual provoca distração, tudo á nossa volta chama a nossa atenção. Quanto menos confusão, menos stress visual temos. Uma casa minimalista é calmante.

2. Mais bonita. Pense em imagens de casas desarrumadas, e fotos de casas minimalistas. Sabe bem quais são mais fotogénicas. Uma casa pode ser fantástica com algumas peças de mobiliário que sejam boas e bonitas, alguns quadros e obras de arte, um belo papel de parede num local especial, e algumas (poucas) peças decorativas simples e de bom gosto. Enfim uma decoração apelativa pode ser feita com muito pouco. Pode tornar a sua casa mais interessante tornando-a mais minimalista, porque ao fazer isso valoriza o que tem.

3. Mais fácil de limpar. É difícil de limpar dezenas de bibelots, e varrer ou aspirar à volta de muito mobiliário e objectos espalhados pelo chão. Quanto mais coisas tiver, mais coisas tem que limpar, e mais complicado é limpar á volta dessas coisas. Pense em como é muito mais fácil de limpar uma sala vazia, em comparação com uma com 50 objectos lá dentro. Não digo para ter uma sala vazia, é só para ilustrar a diferença.


Como é uma casa Minimalista

Isto varia, é claro, depende do seu gosto e do quanto minimalista quer ser. Eu sou um pouco minimalista, especialmente em questões estéticas, mas não em exagero. Mas aqui estão algumas características de uma casa minimalista:

• mobiliário minimo. Uma divisão minimalista tem apenas algumas peças de mobiliário essencial. Uma sala de estar, por exemplo, pode ter apenas um sofá, e alguns cadeirões/cadeiras, uma mesa de apoio, um móvel de arrumação/estante uma televisão, e alguns candeeiros para iluminação (eu adoro candeeiros, a iluminação é uma óptima forma de criar ambientes). Pode até ter menos coisas (sofá, cadeiras e mesa de apoio, por exemplo). Um quarto pode ter simplesmente uma cama (ou mesmo um estrado), um armário, uma mesa de cabeceira e talvez algumas prateleiras.

• Superfícies livres. Numa casa minimalista, os tampos e superfícies são despidas, com excepção de uma ou duas peças decorativas (ver item seguinte). Não há montes de coisas espalhadas por todo o lado, e definitivamente não há pilhas de livros, correspondência ou objectos sem lugar espalhados em cada canto.

• Acrecente peças decorativas. Uma casa sem nada para além de mobília acaba por ser muito aborrecida. Em vez de ter uma mesa de apoio completamente livre de qualquer objecto, pode colocar por cima um vaso com algumas flores e um bonito livro de jardinagem, por exemplo. Uma secretária pode ter apenas uma moldura com uma fotografia de família e um tinteiro antigo ou alguma peça bonita e com significado que seja adequada ao local. Uma outra parede vazia pode ter um quadro ou fotografias emolduradas. Eu gosto de ter alguns objectos e imagens com significado espalhadas pela casa, sobretudo peças antigas e com valor.

• Qualidade sobre a quantidade. Em vez de ter um montes de coisas em casa, um minimalista escolhe poucas coisas mas que sejam realmente boas, coisas que gosta e usa frequentemente. Uma boa mesa é preferivel a 5 peças mobiliário em contraplacado.

• Exemplos. Veja exemplos de casas minimalistas, procure em blogs e em revistas de decoração e mesmo noutras publicações, as casas minimalistas são muito usadas em publicidade. O estilo tradicional das casas japonêsas é outro grande exemplo de decoração minimalista, e muito zen também.

Veja na Parte 2 Como ter uma casa Minimalista

del.icio.usstumble Technorati BlogBlogsblogarama.com



2 comentários:

  1. Olá!
    Verifiquei que me está a seguir... credo! continuo a achar meia esquisita esta frase...hehehe
    Gostei muito do seu blog... identifico-me c/ o que publica...
    Tento sempre ser bom astral... e fujo de tudo o que é negativo... apesar de na vida esbarrarmos c/ cada coisa...
    Espero que me continue a visitar... pois eu virei sempre que possa...
    Bjs e bom Carnaval

    ResponderEliminar