10.11.2009

As 7 Regras Essenciais para Perder Peso e ter Saúde


Siga-me no Twitter e Facebook.


Comer comida de verdade, mexer-se naturalmente, viver de forma saúdavel

Vivemos numa sociedade sobrecarregada de informação. Não houve outro momento na história em que a informação tenha estado tão disponível, ao nosso alcance. Ao escrever uma simples frase num motor de busca, recebemos centenas, milhares, às vezes até milhões de respostas para as nossas perguntas. Mas agora, por causa da abundância de informação disponível, acabamos por ficar ainda mais confusos.

Ainda mais desconcertante é o nosso estilo de vida excessivo. Que tem como resultado, o endivídamento, ter coisas a mais e excesso de peso.

Há muitas perguntas sobre a melhor forma de fazer exercício, como comer ou como viver de forma saudável – Fazer cardio ou pesos? Devo comer proteína? Será que a gordura me faz engordar? Fazer abdominais ajuda a perder a barriga? Vou conseguir ficar grande, com músculos volumosos?

Eu não julgo saber a resposta para todas as perguntas, mas sei que todas as coisas funcionam da mesma forma, a resposta mais simples é provávelmente a mais certa (Lei da Parcimonia). Isso é verdade tanto na vida como para perder peso, fazer exercício e ser saudável, em geral.

De forma que, elaborei uma lista das 7 regras essenciais para a Saúde Ideal.

Claro que pode ler essas regras e achar que é um insulto à sua inteligência. Mas mais que nunca, precisamos voltar ao básico, para salvar a nossa sociedade que está cada vez menos saudável e obesa.

Nós desviámo-nos do caminho mais simples e tornámos as coisas mais complicadas do que elas são.

1. Comer comida Verdadeira.

Para uma população ocupada, que não tem tempo para contar calorias ou quantos gramas de proteína consome ou a quantidade de sódio ou de gordura saturada dos alimentos, esta é a sua resposta para ter saúde e perder peso.


Tudo o que a Mãe Natureza colocou nesta terra, na sua forma mais simples é comida de verdade - produtos não embalados, não transformados, sem conservantes, como frutas, verduras, legumes, carne e peixe de produção natural. Um bife de uma vaca criada num pasto, não um chacorro-quente. Água ou sumos naturais, em vez de refrigerantes. Banana, em vez de banana frita.

Esta é a verdade ... Se comer alimentos nutritivos o seu corpo se sente-se alimentado e não sente a necessidade de consumir mais. Se comer os produtos alimentares normais que se encontram hoje em dia, com calorias vazias e pouco ou nenhum valor nutricional, o seu corpo vai precisar de trabalhar mais porque estes alimentos são mais difíceis de digerir e assimilar, usando mais energia e vai continuar a sentir fome, porque o que comeu não é nutritivo.


2. Viva a vida activamente.

A nossa sociedade era mais saudável quando não havia coisas como passadeiras, elípticos e outros aparelhos. Quando a nossa sociedade passou de uma cultura ativa, onde se paracticavam desportos ao ar livre, para a de ir ao ginásio, a obesidade, doenças cardíacas e diabetes começou lentamente a aumentar. Coincidência? Talvez. Mas permanecer activo e tentar coisas novas - como praticar um desporto, fazer uma caminhada, fazer actividades em família ou passear com o cão, nunca matou ninguém.

Faça a si mesmo estas perguntas ... Quando foi a última vez que ficou entusiasmado com a ideia de ir para o ginásio (para treinar, não para ver o instrutor de aeróbica ou personal trainer)? E quando o fim de semana está a chegar e combinou ir para a praia jogar volei?

Viva ativamente e utilize o ginásio para apoiar os seus esforços.


3. Sair.

Isto conjuga-se com o ponto acima.
É verdade que alguns de nós vivem em climas onde nem sempre é propício fazer coisas ao ar livre. Mas a menos que estejam 50 graus à sombra ou temperaturas negativas, há sempre opções para fazer algo no exterior - mesmo que seja apenas uma caminhada depois do jantar. Os nossos corpos anseiam o exterior e estar com a natureza. Está no nosso sistema. Estar ao ar livre dá-nos uma sensação de liberdade e tranquilidade que nenhum ginásio, shopping ou prédio nos pode dar.


4. Esforçar –se constantemente para melhorar, a fim de ver a mudança.

Se faz a mesma coisa, dia após dia (levantar o mesmo peso, correr a mesma distância no mesmo tempo, etc), sem qualquer alteração ou melhoria, então nada vai acontecer ao seu corpo.

O seu corpo quer permanecer na mesmo, e é apenas quando decidir aventurar-se fora da sua zona de conforto que vai conseguir ver alguma melhoria - e essa regra aplica-se tanto à vida como ao exercício. Definir metas, quebrar recordes e esforçar-se para melhorar. Se correu 5 km em 30 minutos de manhã, então da próxima vez, tente em 29 minutos. Se fez ontem 10 abdominais, tente 11 da próxima vez.
Saía da sua zona de conforto e vai ver as mudanças - tanto no corpo e na mente.


5. Dormir bem.

Muitas vezes o elo perdido nos que procuram perder peso é a falta de qualidade do sono. Adultos saudáveis precisam de 7-9 horas ininterruptas de sono de boa qualidade todas as noite.

O Sono ajuda a regular as hormonas. E mata as bactérias prejuduciais que se acumulam nos intestinos ao longo do dia, e é a melhor altura para o seu corpo reparar os tecidos - especialmente os músculos. Durma pouco e a sua resposta imunológica sofrerá (a sua capacidade de luta contra as doenças), vai ganhar gordura na barriga (por causa da maior quantidade de cortisol) e vai ter menos energia.


6. Práticar uma recuperação activa.

Esta é provavelmente a regra mais esquecida. Você não foi feito para dar o máximo todo o tempo.

Independentemente do que possar acreditar, o exercício, com todos os seus benefícios para o seu corpo e saúde, também é stress. Qualquer acção que produz adrenalina também irá provocar stress no seu organismo. Por isso, temos de equilibrar as nossas actividades de exercício intenso com práticas calmantes que ajudam a reduzir o stress como o yoga, tai chi, Qi Gong ou alguma forma de respiração profunda e meditação, estes são os exemplos mais comuns de maneiras de lidar com o stress.

Tente incorporar pelo menos uma dessas atividades na sua semana (se não diariamente). Apenas a alguns minutos de respiração profunda, ou de meditação é tudo que precisa para reconquistar o equilíbrio no seu dia, sem ansiedade ou nervosismo.


7. Use Movimentos Naturais.

Há 5 movimentos naturais - Agachado, volteio (que inclui caminhada e corrida), empurrar, puxar e rotação. Se quiser poupar tempo, aumentar os resultados e viver mais saudável, então todos os seus exercícios devem incluir pelo menos um, se não mais, desses movimentos.

Existe alguma necessidade de estar na frente de um espelho segurando halteres e a levantá-los ao mesmo tempo que está em pé sobre uma bola? Não. Há necessidade de se sentar numa máquina, prender as suas coxas e apertar ou empurrá-las para fora? Não. Esses movimentos não são naturais. Eles dividem o seu corpo em partes individuais, quando, na verdade, o corpo funciona como uma rede de nervos, ossos e músculos.

Exercite-se naturalmente, mexa-se naturalmente, e seja saudável.

E Agora?

Use as regras acima como uma lista e tente incorporar uma regra por semana, introduzindo uma nova regra de cada vez que dominou a anterior.

Tente não ficar sobrecarregado. Esta não é uma abordagem drástica. Estamos muito longe dos conceitos básicos de saúde, e levará tempo para voltar a eles. Mas basta manter-se no caminho e ser coerente e vai chegar lá.

Apenas por viver com estas 7 regras em mente, está no caminho para ter uma vida mais saudável, mais feliz e gratificante.


Se gostou, leia também:

» Como Perder a Barriga

» 4 Passos Simples para Iniciar o Hábito de Fazer Exercício

» Coisas Simples Que Pode Fazer Para Perder Peso

» 17 Estratégias Fabulosas Para Manter a Sua Dieta e Ficar em Forma

» A maneira mais simples de manter um plano de refeições










del.icio.usstumble Technorati BlogBlogsblogarama.com


1 comentário:

  1. Boa noite , fico muito agradecida pelo seu apoio , e com certeza estarei aqui diáriamente para ler suas dicas , espero que não nos deixemos de falar pois quero que vc faça parte da minha história! é muito importante ter pessoas como você para me incentivar nesta caminhada que arduamente sigo!
    Um grande beijo , tudo de bom!

    ResponderEliminar