10.08.2009

Mente Zen : Como se livrar da desarrumação


ou Como uma casa arrumada lhe vai trazer paz de espírito.

Uma das coisas que me dá mais paz é ter um ambiente limpo e simples em minha casa. Acordar de manhã e entrar numa sala arrumada, com um aspecto minimalista, onde não existe tralha e confusão à volta, traz-me calma e alegria.

Por outro lado, quando estou numa sala de estar cheia de brinquedos e livros e outras coisas mais espalhadas por todo o lado, é o caos, e a minha mente fica frenética.

Eu tenho um método para arrumar e simplificar, que tem dado bons resultados, mas de vez em quando é preciso voltar a rever e re-organizar.

Aqui estão as minhas melhores dicas:

• Faça-o aos poucos. Começe com apenas 15 minutos, para arrumar uma só prateleira, e quando estiver arrumada, ou tenham passado os 15 minutos, comemore a sua vitória. No dia seguinte, faça o mesmo com outra prateleira, durante mais 15 minutos. Arrumar um armário ou sala pode ser uma tarefa imensa, tão grande que parece impossível. Se for este o caso, arrume apenas uma prateleira ou gaveta de cada vez, vai ver que não é tão complicado com parecia.



• Reserve um par de horas para arrumações. Isto pode parecer contraditório com o que acabei de dizer ... e é. É simplesmente uma estratégia diferente, sugiro que faça o que funciona melhor consigo. Uso muitas vezes esta táctica para arrumar armários com roupa, reservo uma manhã para essa tarefa, especialmente nas alturas de mudança de estação. Faço tudo de uma vez, e quando eu estou despachada, sinto-me super bem.

• Tire tudo de uma prateleira ou gaveta de uma vez. Qualquer que seja a estratégia que escolher, deve concentrar-se numa gaveta ou prateleira de cada vez, e deixá-la completamente vazia. Depois de limpa, olhe para o monte de coisas e separe-as (ver próxima dica), e volte a guardar o que lá pertence. De seguida, avance para a próxima prateleira ou gaveta.

• Separe os objectos, um de cada vez, e faça decisões rápidas. Tenha um saco para o que é lixo e uma caixa para as coisas que quer doar por perto. Quando estiver a esvaziar uma gaveta, pegue numa coisa de cada vez, e tome uma decisão: lixo, dar, ou guardar. Não volte a colocar nada de novo no monte. Faça isso com tudo e, em breve, vai estar despachado. Se continuar a por coisas no monte, e re-classificar, vai levar uma eternidade. Coloque de volta apenas o que quer guardar, e arrume convenientemente.

• Seja implacável. Secalhar é uma pessoa que gosta de guardar tudo, eu também já fui assim, mas a verdade é que não irá voltar a usar a maioria do "lixo" que acumulou. Se não o utilizou alguma coisa no último ano, livre-se dela. É tão simples como isso. Se tiver usado apenas uma vez ou duas vezes no último ano, mas sabe que não vai precisar nos próximos tempos, deite fora. Deite fora se estiver imprestável, ou dê se pensar que ainda pode servir a alguém.

• Papeis? Não tenha piedade. A não ser que seja algo é importante. Revistas, catálogos, folhetos, publicidade, anotações com mais de um ano de idade, papeis de trabalho ... Deite tudo fora (neste caso recicle)! A única excepção é com papeis relacionados com o impostos, que devem ser conservados, e outros documentos importantes como garantias, certidões de nascimento, óbito e casamento, certificados, seguros, testamentos e outros documentos importantes. Mas saberá o que é importante quando estiver a vê-lo. Caso contrário, lixo!

• Se estiver indeciso em relação a algumas coisas, arranje uma caixa para os "talvez". Se não se quer livrar de alguma coisa, porque acha que pode precisar dela mais tarde, ponha nessa caixa e, de seguida, feche a caixa e guarde-a fora da vista. Provavelmente, nunca vai voltar a abrir a caixa. Se for esse o caso, retire-a após seis meses ou um ano, e deite tudo fora, ou dê.

• Arranje um sistema para não deixar que a desorganização se vá acumulando. Existe uma razão para ter papéis espalhados por todo o lado, e grandes pilhas de livros e brinquedos e roupas espalhadas. É porque não tem um sistema regular para manter as coisas no seu devido lugar, e para se livrar das coisas de que não precisa. Este é outro assunto, mas é algo para ir pensando. Nunca vai chegar à perfeição, mas se pensar bem sobre como a sua casa ficou desarrumada, talvez consiga encontrar uma forma de evitar que isso continue a acontecer.

• Festeje quando terminar! Esta é uma regra da vida: Celebre sempre as suas realizações e conquistas, não importa quão pequenas. Mesmo que só tenha arrumado uma gaveta, isso já é fantástico. Ofereça-se algo delicioso. Abra a gaveta (ou armário, ou seja o que for), e admire a sua simplicidade. Respire profundamente e desfrute da sua tranquilidade.




del.icio.usstumble Technorati BlogBlogsblogarama.com


3 comentários:

  1. Olá!
    E adorei!
    Tb penso assim!
    Mas por vezes o deixa p/ depois... acumula... e intala-se a falta de espaço... hehehe
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Obrigada pela sua visitinha ao blog cuidando do corpo, volte mais vezes.
    abraços

    ResponderEliminar
  3. O meu problema é que eu sou um "Deixa para depois, ou ainda tenho tempo e faço tudo na ultima da hora"

    Valeu pelo topico.

    ResponderEliminar