11.02.2009

Poupança - Novos hábitos a aprender


Siga-me no Twitter e Facebook.

No passado dia 31 de Outubro celebrou-se o Dia Mundial da Poupança, que em época de crise mundial não podia passar em branco. Aqui ficam algumas sugestões e hábitos que pode adoptar, e que o ajudarão a poupar muito dinheiro sem afectar o seu estilo de vida. Algumas das sugestões já aqui foram faladas, mas nunca é demais mencionar estas coisas, certo?

1 - Pague as contas a horas. No início do mês, mal tenha o seu ordenado disponível, pague as suas contas fixas. Está é uma regra fundamental. Empréstimos, seguros, escolas, contas da agua, luz, internet, etc. devem ser pagos a horas, para evitar multas desnecessárias. Este hábito também o vai ajudar a gerir melhor o seu dinheiro, pois assim fica a saber exactamente quanto sobra para as outras despesas variáveis. E não se esqueça de fazer o mesmo com os impostos. Se tiver dificuldades em fazer os pagamentos contacte os seus credores e negocie um alargamento do prazo ou pagamento parcelados, é melhor do que acumular dívidas.

2 - Acabe já com as dívidas dos cartões de crédito. Se costuma ler sobre finanças certamente já leu este conselho. Os cartões de crédito podem dar muito jeito, mas em alturas de instabilidade ter dívidas como estas é a ultima coisa que queremos. Não use os cartões de crédito para despesas correntes, pois os juros que vai pagar são altíssimos e como normalmente só pagamos o mínimos a dívida tende a aumentar. Se tem dívidas nestes cartões o melhor é deixar de os usar e pagar o máximo que conseguir em cada mês até estar tudo pago. Se tiver vários cartões faço o mesmo com todos eles, um de cada vez. Eu aconselho a cancelar mesmo os cartões, mas pode guardá-los para alguma emergência, já que nesta conjuntura actual o acesso ao crédito não está fácil, pelo que o cartão pode ser útil, se não tiver nenhuma despesa de manutenção claro.



3 - Poupe 10% do seu ordenado. E coloque numa poupança, numa conta que seja difícil de aceder. Pode ser complicado, eu sei, mas é possível, se adoptar os outros hábitos de poupança vai ver que lhe sobra muito mais dinheiro no fim do mês. E em vez de gastar esse dinheiro num novo par de sapatos ou num relógio, ponha na poupança. Claro que a prioridade é o pagamento de dívidas (como os cartões de crédito), pelo que estas devem ser pagas antes de poder começar a poupar.

4 - Opte pela Taxa Fixa. Para quem tem Crédito à Habitação esta é uma boa altura para optar pela taxa fixa. Apesar de ficar a pagar um pouco mais, vai evitar ser surpeendido com a subida das taxas que inevitavelmente vai acontecer. Compare vários bancos e veja qual o mais vantajoso.

5 - Esqueça o segundo carro. Se tem mais do que um carro pense bem se este é realmente necessário. Analise bem o uso que lhe dá, versus as despesas que tem, e se tem alternativas viáveis, como transportes públicos, por exemplo. Na cidade até o taxi pode acabar por ser uma boa alternativa, se somar a prestação do carro, gasolina, manutenção e estacionamento, pode acabar por ser mais barato e prático. Faça as contas.

6 - Opte por seguros mais baratos. Se decidir manter o carro, torne-o menos caro. Opte por um seguro "low cost", faça várias simulações na internet por exemplo, compare, e escolha o melhor para si.

7 - Gaste menos em livros. É mesmo importante para si ter os livros em casa, ou costuma ler um livro e depois arrumá-lo na prateleira e não o voltar a abrir durante anos? Retome o hábito de ir à biblioteca, de onde pode trazer livros a custo 0, ou então alugue-os, já que as bibliotecas podem não ter os livros mais recentes. Em www.clubedaleitura.net pode alugar livros por 15 dias a 7.50 euros. Também pode optar por um leitor de livros digital, mas estes ainda têm preços um pouco caros, mas se for um leitor ávido, talvez compense.

8 - Poupe nas marcas caras. Não, não digo que deixe de comprar coisas de marca, até porque algumas peças caras acabam por ser mais económicas, pois duram anos a fio. Mas pode fazer estas compras em lojas outlet, ou esperar pela época dos saldos. E isto não é só para roupa, também os artigos para a casa se podem encontrar a preços de saldo.

9 - Escolha melhor os restaurantes. Se almoça fora durante a semana opte por restaurantes que tenham menús com preços mais atractivos ou que façam descontos. Ou melhor ainda, algumas vezes por semana leve o seu almoço de casa. Ao fim do mês vai notar uma grande diferença, ou então aproveite para no fim de semana ir a um bom restaurante, que certamente vai apreciar melhor que as refeições rápidas no meio do stress do trabalho.

10 - Planeie as suas compras. Faça um plano anual das coisas que precisa e compre antes do tempo, um ar condicionado, por exemplo, certamente será mais barato em janeiro do que em agosto, apesar de ser nessa altura que ele faz falta.

11 - Planeie as compras no supermercado. Nunca vá ao supermercado sem uma lista, assim não se distrai tanto, e não compra tantas coisas que não tinha planeado. E vá as compras no máximo uma vez por semana, de novo, quanto menos vezes for, menor é a tentação de comprar coisas que não precisa. Mais, compre produtos nacionais e da época, são mais frescos e mais baratos pois não precisam ser transportados longas distâncias nem de ser cultivados artificialmente. Veja aqui 48 Dicas para ir ao Supermercado e Conseguir Gastar Menos

12 - Acabe com a agua engarrafada. Opte por um filtro para a torneira, se não gosta do sabor desta. Ao fazer isso poupa o ambiente e também a carteira. Pode optar por ter uma garrafa que pode ir enchendo e levar consigo em vez de comprar garrafas de 25cl na rua.

Quais são as suas estratégias de poupança? Deixe as sus dicas nos comentários.

Leia Mais:

Como deixar de viver de salário em salário

8 Maneiras de Fazer Grandes Economias no seu Orçamento

Evitar Problemas de Crédito numa Altura de Crise Económica


4 comentários:

  1. Olá!
    Posso mesmo dizer... super dicas!
    Bem adequadas aos tempos que correm e ñ só...
    Tb sou rigorosa... quanto a gastos...
    Pois se gostamos muito de passear... e o ordenado ñ estica... vamos lá a acabar c/ o que consideramos desnecessário... e se possivel poupar no restante... e vamos lá!
    Depois dizem como é possivel?
    É sempre possivel... basta querer! (c/ as devidas excepções...)
    Bjs e boa semana

    ResponderEliminar
  2. Oii, vim te visitar
    Gostei muito do seu blog, as dicas são maravilhosas
    To precisando poupar, vou imprimir e ler com calma depois...
    Bjosssssssssss

    ResponderEliminar
  3. Olá ...

    Estou precisando organizar minhas finanças e essas dicas são muito uteis.

    Vim te desejar uma semana maravilhosa, beijokas.

    ResponderEliminar
  4. Olá!
    Sou a Aline do Casaterapia, vi que recentemente se tornou uma das seguidoras, então passei aqui para te dar um alo e para conhecer seu espaco!
    Reportagens muito ineressantes e inteligentes, ótima selecao!
    Beijosss e apareça sempre por lá!

    ResponderEliminar