9.08.2011

Melhorar a cada momento



Siga-me no Twitter e Facebook






Eu defendo um estilo de vida mais calmo, de abrandar, simplificar, fazer menos coisas, e ter uma vida menos movimentada ... mas e se não for possivel?


Mas, e se não for possivel ter uma vida menos agitada - estará condenado a uma vida de ansiedade e infelicidade?


Não. Eu vou partilhar consigo uma ferramenta muito simples que pode transformar a sua vida. É uma coisa que eu tenho experimentado nos últimos meses, e posso confirmar que funciona brilhantemente.


Este simples método vai ajudá-lo a:


Estar mais presente, para a vida não passar por si sem você dar por isso.
Aproveitar melhor cada atividade que faz mais, para que a vida seja melhor o tempo todo.
Sentir-se mais relaxado, assim que cada dia sabe tão bem como se estivesse de férias.
Estar pronto para lidar com qualquer coisa que surja.


Nada mau para um simples método, não? Vamos explorar




Ocupado vs relaxado


Normalmente temos dois modos diferentes na vida. Há o modo agitado do dia a dia, e há o modo relaxado, o que acontece quando temos algum tempo livre: férias, uma ida à praia, um dia num spa, passar tempo no parque com as crianças.


Modo relaxado é provavelmente aquele em que estamos a pensar menos e a sentir mais. Ficamos apenas a tomar banhos de sol, a ouvir os sons, as sensações. É um momento em que somos como crianças, porque é o modo em que as crianças estão na maioria do


tempo. Fazemos o nosso melhor para treinar as crianças a não ser assim, para que possam ser bons trabalhadores quando crescerem e servir o mercado de trabalho.


E assim quando crescemos estamos no modo ocupado a maior parte da semana, e se tivermos sorte, temos um dia ou dois, talvez apenas uma ou duas horas de modo relaxado. Quando a Internet nos absorve, temos menos tempo de modo relaxados, porque a Internet nos mantém na nossa mente, e nos esquecemos do mundo físico ao nosso redor.


Como podemos mudar isso? Como podemos trazer o estado relaxado como uma criança, o modo sensorial de volta ao nosso quotidiano, e não apenas durante as pausas, e férias ou quando pratica meditação e yoga?


Não é assim tão difícil, se praticar.


Estado Zen


Quando estamos no modo relaxado, apercebemos-nos da sensação do vento e do sol, do som da água e do riso, das cores brilhantes da natureza, os sorrisos que nos rodeiam, a relva ou a areia entre os nossos dedos. Estamos a sentir em vez de pensar. As sensações físicas nosso fluem para as nossas mentes, e deixa-nos relaxados, e felizes.


Podemos re-aprender esta maneira de ser com a prática. Faça-o agora.Você está a ler num computador ou num dispositivo móvel, a sua mente está no mundo da internet ... mas seu corpo está no mundo físico. Se está sentado, consegue sentir a cadeira. As suas costas podem estar um pouco curvadas. O ar à sua volta está frio ou quente? Há sons que possa perceber? O seu maxilar está cerrado? Observe sua respiração.


Quando volta o seu foco para as sensações físicas, você está a entrar no modo relaxado em vez do modo de pensar. Não é que esteja completamente relaxado, mas está no mesmo estado de espírito de quando está relaxado, como no yoga ou na praia ou  quando passa um domingo na cama.
Quando aprender a fazer isso, pode fazê-lo a qualquer momento. Na verdade, o tempo todo.


Se está a tomar banho, sinta a água a escorrer pelo corpo, absorva a temperatura e o som da água a correr. Se está a comer, sinta todas as nuances da comida, o gosto, o cheiro a comida, a textura na sua boca, sinta o movimento da sua mão a ir para a boca.


Faça-o enquanto trabalha, quando falar ao telefone ou responder a e-mails ou ao caminhar para uma reunião ou ao conduzir para um compromisso, percebendo as sensações na sua pele, as cores ao seu redor, os sons da cidade, a sua respiração, o ar a entrar e a sair. Faça isso em casa, quando estiver a fazer as tarefas diárias, ou a cozinhar ou a arranjar-se para o trabalho. Faça-o durante todo o dia, e estará num estado constante de relaxamento e prazer.


Se adoptar esta técnica, vai transformar tudo que faz. Vai transformar o estar ocupado em estar presente, e as obrigações em gozo.


A vida será vivida, em vez de ignorada.


Veja também:


10 Maneiras de Encontrar a Felicidade


Mente Zen : Como se livrar da desarrumação


Saborear as Pequenas Coisas


1 comentário:

  1. Camila Wilges18.5.12

    O texto abaixo do subtítulo "Estado zen" simplesmente mudou minha vida. Muito obrigada!

    ResponderEliminar